Marcos Ratola

A bicicleta era o seu meio de transporte durante a vida de estudante. Correr, foi a forma fácil de se manter activo. Tudo somado temos as 3 modalidades do triatlo. O que o motiva no triatlo é a viagem até à meta, desde o dia da inscrição, em tudo o que tem de controlar, tudo o que envolve até cortar a lenha de meta. Iniciou-se na modalidade em 2015, no triatlo de olímpico de Sagres com 2h55.
Já fez 8 provas na distância Half-Ironman. O seu record pessoal na distância é de 5h05.
“Adorei Vitoria Gasteiz pelo público e tudo o que a envolvia. A prova do Titan em Cadiz fez-me chorar na reta da meta. estar do lado do organizador, no Extreme Triathlon, foi também uma experiência única”.
Pretende fazer sub-5h na distância Half-Ironman e completar um Ironaman. Poder ir a um campeonato internacional pode ser uma factor extra de motivação.